Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2014

Estante - Desventuras em Série IX: O Espetáculo Carnívoro

Olha eu aqui de novo! Voltando a ativa, mas por pouco tempo. Vida corrida. Ultimamente perco mais tempo escrevendo coisas desnecessárias no whatsapp do que fazendo coisas úteis. Falando em coisa útil, vamos falar hoje do nono livro dos irmãos mais ferrados que conheço.
Se você leu o livro anterior (eu espero), sabe que os irmãos Baudelaire estavam fugindo da Cidade Sinistra dos Corvos e a única forma de conseguirem foi se enfiarem no porta-malas do maior vilão de suas vidas. Eles acabaram de ver seus amigos Quagmire sumindo num balão e sem saber quando os veriam novamente. Eles também não sabiam para onde estavam seguindo nem o que o futuro preparava para os órfãos.
Conde Olaf segue no volante com todos seus parceiros "malignos" para um destino desconhecido, mas não tinha ideia do que estava escondido em seu próprio carro, tudo aquilo que ele desejava perto de suas mãos. Mas os órfãos mais uma vez vão encontrar uma forma de passar a perna nesse vilão canastrão.
O ponto fina…

Valar Morghulis - Game of Thrones 5ª Temporada

A quarta temporada de Game of Thrones acabou faz duas semanas e já queremos saber o que nos espera ano que vem. É claro que já tem coisa rolando pela internet, mas não sabemos até que ponto o que pode ser considerado verídico e oficial.
Com o desfecho da última temporada, pôde-se ver que a A Storm with Sword não foi totalmente contemplado e que gerou uma agitação desnecessária na internet, pois, apesar de ser baseada nos livros de George R. R. Martin, não significa que a série seguirá tudo o que está lá. Quem leu o terceiro livro sabe que no final aparece a personagem Lady Stoneheart. A falta dela no último episódio, algo que nunca foi confirmado pelos diretores e produtores, gerou revolta nos espectadores leitores. 

O que pode ser considerado já de antemão é que a 5ª Temporada será baseada nos dois últimos livros lançados da série: A Feast for Crows e A Dance with Dragons. Por quê? Bem, os dois livros não são exatamente uma sequência, na verdade ambos apresentam histórias que estão …

Estação Livre - Spotify no Brasil

Como vamos, galera? Sei que já faz bastante tempo, mas eu deixei avisado que poderia sumir hehe. Como estou de férias, decidi voltar temporariamente a escrever pro blog. E pra marcar a volta vou falar de um aplicativo que está fazendo sucesso no Brasil e que inclusive eu já estou usando e aprovando: Spotify.
O Spotify é um player de músicas gratuito que chegou recentemente ao Brasil. Foi feito todo um suspense e muitas propagandas antes de ser liberado para todo mundo. Sua entrada na internet brasileira foi parecido com os sites The Capitol e Pottermore, onde apenas alguns usuários ganhavam convites e parte destes recebiam o direito de convidar outros. Bem, eu não fui um desses e fiquei chupando dedo até o dia em que a liberação foi total.
O lema do Spotify é "Música para todos (Music for everyone)" e um dos seus objetivos é diminuir a pirataria, pois, com conexão à internet, você pode ouvir qualquer música que quiser sem pagar e a qualquer momento. Além de disponível via w…

Estante - Ladrões de Elite

Esse livro eu o descobri por acaso, estava procurando livros novos entre os que meu tio guardava e sem querer me deparo com um livro completamente diferente dos que ele costuma ler. Na verdade o livro estava intocado, então decidi pegá-lo para ler e imagino ter sido o primeiro daquele exemplar. E como uma surpresa, o livro foi uma leitura maravilhosa e leve. É o primeiro de uma série.
Katarina Bishop é aparentemente uma garota normal que estuda em uma das melhores escolas internas dos Estados Unidos. Tem uma história bem elaborada na ponta da língua. É muito esperta e ambiciosa, mas esconde um segredo, este que a fez ir para essa tal escola. Focar na vida de estudante foi uma forma de fugir dos problemas da família e, pior, do que sua família realmente é, porém a forma como conseguiu uma vaga tão preciosa já mostra  que Kat tem a quem puxar. 
Tudo corria bem até que o tempo volta, as lembranças retornam, e os problemas também. E isso tudo vem em nome de Hale, um antigo amigo, endinhe…

Devaneios randomizados

Às vezes fica muito difícil confiar em quem quer que seja. Fica muito difícil abrir a boca e alcunhar alguém de amigo. Eu tenho vontade de alcunhar novos amigos. Mas parece que essa é uma antonomásia pesada demais para alguns humanos carregarem. Não mais pesada que qualquer outro tipo de relacionamento que envolva toque, contato, sentimento. Não sentimento tipo "friends forever" ou “best friend forever” que geralmente se colocam a venda em qualquer banca de muambas. Sentimento de verdade. Aqueles que ninguém suporta. Os que deixam a desejar nos momentos inoportunos e quando se quer um minuto de descanso, eles fazem com que lágrimas rebeldes façam queda-livre em fila indiana dos olhos, vindo correndo lá do âmago de um interior já conturbado até o abraço mais raso de qualquer um. Ou aqueles que fazem com que a simples visão de um alguém faça cada pelo do seu corpo se eriçar como se estivessem num show dos Rolling Stones.
Não sei se gosto de amar, mas eu não desejo o que sinto g…

A moda de Angel Dumott Schunard

Hello, everyone!! Hoje vou falar de moda de novo. Na verdade, mais umas diquinhas tiradas de meu baú de bom senso para um agradável código de vestimenta para cada ocasião. E, sim, sei que prometi falar de cropped nessa postagem, mas vou deixar isso pra uma próxima ocasião. Esse post vai focar apenas demonstração de looks. Só que vou homenagear minha personagem favorita de meu musical favorito: Angel Dumott Schunard de RENT.


Santo Cristo! Os modelito utilizados para a personagem na montagem para cinema de 2005 foram simplesmente fantásticos. Ok, alguns pecadinhos, mas nada que tirasse o brilho das roupas. Porém, um bom look depende quase 100% da ocasião e, nesse caso, da época. Analisemos...
A época: O filme se passa no final dos anos 80, quando a moda e a música passavam pelo que eu gosto de considerar como o melhor período de todos. Na música, ABBA, Madonna, Cyndi Lauper arrasavam nas paradas. Na moda, muita cor, muito exagero, muita silhueta à mostra, muito arraso... Ombreiras convivi…

Estante - As Crônicas de Nárnia IV: Príncipe Caspian

Desculpas pela demora, agora não terei mais tanto tempo para me dedicar ao blog. Além de universitário, sou monitor e estagiário, fora que organizo exposições na faculdade e o meu tempo livre está indo pro ralo. Achei melhor, pelo menos hoje, dar continuidade à série As Crônicas de Nárnia. O livro deste domingo é o quarto volume: Príncipe Caspian.
Você deve ter estranhado a leitura do último livro, pelo menos o começo, onde o quarteto retratado nos cinemas não eram o personagens principais, mas se você for parar para pensar, C.S. Lewis está querendo introduzir sempre histórias e personagens diferente de Nárnia. E não será diferente no quarto livro. Passaram-se anos, não, década, não, talvez séculos, que Lúcia, Suzana, Pedro e Edmundo reinaram em Nárnia. Aqueles seus velhos conhecidos já não habitavam as terras daquele lugar fantástico. Muita coisa tinha mudado, e para pior.
Nárnia passava por momentos difíceis, as terras enchiam-se de homens, calormanos talves, mas homens que não gos…

Estante - Um Dia

Vinte anos. Duas pessoas. (Livro que originou o filme estrelado por Anne Hathaway)


Demorei muito pra ler esse livro, não digo em questão do tempo que comecei ao que terminei, e sim que faz
muito tempo que deseja lê-lo e muito tempo depois comprei, numa promoção por sinal. Depois disso ficou guardado por meses, não tinha tempo pra leitura naquele período da faculdade e havia muitos outros livros na frente. Este teve de esperar 2014 chegar e também sete à sua frente para finalmente abri-lo. Mais uma vez um romance (mas ué, não é você que não aprecia romances?). Não os odeio, mas geralmente me causam tédio, inclusive esse no começo, mas quando me peguei lendo e sorrindo, é porque o autor me prendeu em cheio.
Emma Morley e Dexter Mayhew se conheceram na formatura...bem, não foi só conhecimento. Ele, um garoto popular, que estava sempre agarrado a uma garota, ela, uma garota simples, sonhadora e que vivia de aluguel. Não é uma história dos tipos "eu sou pobre e você é rico, não vai da…

Estante - Jogo da Velha I

Sigo em frente com a ideia de falar de todos os livros que já li, não importa a época nem gênero. Dessa vez é sobre um que terminei de ler em março do ano passado, ou seja, quase um ano certinho. Acho também interessante falar de como cheguei aos livros que leio e este eu comprei numa livraria no Shopping Grande Rio, em São João de Meriti, no Rio de Janeiro. O livro me custou apenas R$ 3,00, pois nessa livraria só livros de dois e três reais são vendidos, geralmente são os volumes que sobraram de vendas e foram dados a essa livraria. Comprei despretensiosamente e me surpreendi com o que li.
Vivemos numa sociedade que foi baseada na escravidão, onde o negro foi tratado como animal, raça menor, algo que não merecia respeito dos brancos caucasianos. Os escravos lutaram muito aqui no Brasil e mundo afora para adquirirem dignidade, e mesmo quando se tornaram livres, o respeito não veio junto, nem muito depressa. Agora imagine isso às avessas, nunca se perguntou como seria se tivesse aconte…

Estante - Túneis III: Vertigens

Estou aqui de novo falando sobre livros. A bola da vez é o terceiro livro de uma série não muito conhecida. Já falei de seus dois primeiros volumes por aqui e agora é sobre Vertigens que fala essa postagem, da série Túneis. Para quem ainda não sabe do que se trata, a série escrita por Rodrick Gordon e Brian Williams é uma mistura de distopia com fantasia sobre uma civilização subterrânea, que vive debaixo de terreno inglês por muito tempo no anonimato. 
Will, Chester e Elliot estão indo cada vez mais fundo, caminhando para o centro da Terra. Na última enrascada estavam no meio de um tiroteio e os três tiveram de cair no Poço para sobreviverem, mas que irônico, não? Logo no Poço, onde conta a lenda de que ninguém consegue sobreviver ou voltar para contar o que há por lá? É  isso mesmo, mas isso também não será fácil, ainda mais porque um pouco antes Will vê seu irmão levando um tiro e caindo junto com ele em rumo ao desconhecido.
Lá no meio da escuridão, efeito que será muito presente …

Estação Livre - Banda Transmissor

#APRESENTANDO


Finalmente decidi dar uma pausa nas atualizações da Estação Livre para postar coisas novas sobre música. Sei que estou devendo uma há muito tempo. Quem não viu, em Janeiro falei sobre o último álbum da Avril Lavigne, mas minha adorada cantora já está sintonizada aqui na Estação. Então quis fazer uma postagem rápida, aliás, daqui em diante farei post mais curtos sobre artistas musicais. Vamos de música brasileira: Banda Transmissor.
Já tinha ouvido uma música ou outra dessa banda, mas na época não sabia de quem se tratava, até que ano passado assisti um de seus shows no Circo Voador e descobri que eram eles. O som da banda Transmissor é harmonioso, singelo e muito tranquilizante. É de uma leveza que encanta os ouvidos. Suas letras não são um monte de palavras em sequência, suas mensagens são elaborada e muito bem escritas.  Para a banda ser o que se tornou hoje muitas águas rolaram, aquele troca-troca de nomes e viagens e gravadoras e... e... Até que Leonardo Marques, Thi…

Estante - As Crônicas de Nárnia III: O Cavalo e seu Menino

Olá, como vamos de início de carnaval? Bem, eu não sou fã dessa festa, é divertido e tal, mas não combina comigo. Enquanto faço trabalhos do estágio e vendo um filme online decidi dar uma pausa para finalmente fazer a resenha que era para quarta-feira. Meu tempo está corrido, mas é sempre bom dar uma escapada.
O livro de hoje é o terceiro da série As Crônicas de Nárnia. Estou falando de O Cavalo e seu Menino. Acho que não falei disso antes, mas gosto da objetividade dos títulos de C.S. Lewis, pois é exatamente sobre isso que conta essa história: um garoto que conhece um cavalo, não sendo exatamente seu, já que o cavalo é narniano, ou melhor, é falante.
Shasta, um garoto humilde que vive no sul, na Calormânia, onde Aslam não tem seu poder, é pescador e vive com um homem que imaginava ser seu pai, mas nunca nutriu afeto algum por um homem que o tratava feito escravo. Um certo dia um Tarkaan chega à casa do velho com um cavalo, na conversa entre os dois Shasta descobre não ser quem pensa…

Estante - Desventuras em Série VII: A Cidade Sinistra dos Corvos

Desventuras em Série VII – A Cidade Sinistra dos Corvos
Escritor: Lemony Snicket
Depois de irem viver com um casal maluco que vivia nos padrões da moda e descobrirem mais uma vez que Conde Olaf estava metido na confusão, os irmãos órfãos ficam a cargo de Sr. Poe mais uma vez. Para todos os efeitos Olaf seqüestro Esmé Squalor, assim como fez com os gêmeos Quagmire.
Violet, Klaus e Sunny voltam a ficar desamparados e dessa vez Sr. Poe se superará em não conseguir lidar com a situação e piorar a vida dos três irmãos. O velho banqueiro vai colocá-los num programa de adoção e lá vai o trio ser adotado por uma... cidade? Isso, uma cidade se tornará responsável pela criação dos Baudelaire. “É preciso uma cidade para educar uma criança”.
A assustadora Cidade Sinistra dos Corvos também cai no ponto comum principal que roda a história: C.S.C. Será que a cidade tem alguma coisa a ver com a tal sigla misteriosa? Quanto a isso nada posso dizer, mas os Baudelaire não viverão muito bem nesse lugar,…

Estante - As Crônicas dos Kane II: O Trono de Fogo

As Crônicas dos Kane II: O Trono de Fogo
Escritor: Rick Riordan
Hoje vou falar da segunda sequência das Crônicas dos Kane, do Rick Riordan. Essa é mais uma série que estou mergulhado (e atrasado também). Li o livro no ano passado, se bem me recordo. Adorei o livro e os personagens que são incluídos nessa fase. Pra mim o grande destaque do livro é, sem dúvidas, a Sadie.
Os irmãos Kane se aventuraram na história passada pela primeira vez no mundo dos deuses egípcios e se depararam com Set, o deus do mal. Em A Pirâmide Vermelha, os dois fizeram um acordo com o deus, mas isso acabou não sendo muito bem visto por seus superiores e os Kane passaram a ser tratados como traidores.
Carter e Sadie adquiriram seus poderes por serem descendentes da Casa da Vida, mas ainda são imaturos e não controlam muito bem seus dons, especialmente quando o negócio  é sonhar. A dupla vive na Casa do Brooklin, com um babuíno e um jacaré, além do tio, é claro, mas agora eles recrutaram outros jovens com poderes …

Estante - As Crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa

As Crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa Escritor: C. S. Lewis
Faz um bom tempo que falei do primeiro livro de As Crônicas de Nárnia e tomei vergonha na cara e decidi continuar a série por aqui. Talvez a um pouco mais de um ano atrás mergulhei na segunda sequência de Lewis e fiz um esforço pra escrever essa história.
Passaram-se anos desde que Nárnia fora criada, quando Digory e Polly mergulharam no mundo fantástico através dos anéis do tio. Quatro jovens bisbilhotam um guarda-roupa, aparentemente normal, mas ao adentrá-lo parece cada vez mais profundo. Aos poucos casacos viram galhos de árvores, e logo estão eles no meio da neve, perdidos em Nárnia.
Pedro, Suzana, Edmundo e Lúcia conhecem pela primeira vez o mundo de Aslam. Mas quem é Aslam? Eles não sabem. A cada instante fazem novas descobertas, conhecem novos amigos. Amigos incomuns na verdade. Animais falantes e seres mitológicos.
Nárnia está coberta de neve, obras da Rainha Branca, a dama do gelo. Mulher rep…

Estante - Desventuras em Série VI: O Elevador Ersatz

Demorei um pouquinho, mas cá estou de novo. Estou mudando de vida ultimamente e o tempo livre está indo para o espaço. Dessa vez eu revirei minha lista de livros que já li e escolhi falar de um que já faz um bom tempo que folheei. Vou dar continuação à série Desventuras em Série, agora o sexto volume: O Elevador Ersatz.
Como diz nosso querido Lemony Snicket, não continue essa leitura se você está à procura de uma história alegre e com  final feliz. Ou então, se estiver querendo diminuir os sofrimentos, pule os capítulos quando achar que não aguentará ler essa terrível história por completo (não faça isso!! haha)
Depois de sairem do colégio interno e de verem seus amigos gêmeos, ops, trigêmeos Quagmire serem raptados pelo Conde Olaf, os irmãos Baudelaire são levados pelo Sr. Poe aos seus novos tutores, a família Squalor. Mais uma vez a tutoria não será nada reconfortante. Klaus, Violet e Sunny vão ter que subir sempre de escadas até o último andar, para chegar na nova casa, pois o ele…

Estante - O Pequeno Príncipe

"Tu és eternamente responsável por aquilo que cativas"
Com essa frase eu inicio essa resenha que fala de um livro atemporal. Não faz muitos dias que li pela primeira vez uma das obras mais conhecidas no mundo e que comove todos (ou quase todos) que já leram. Nossa, que vergonha!!! Eu sei, eu sei. O Pequeno Príncipe foi feito pra ser lido em todas as etapas da vida, pois o seu entendimento muda de acordo com os seus próprios pensamentos, pelo menos foi o que eu sempre ouvi desde criança. 
E o porquê da frase inicial? Bem... quem leu, sabe que essa é uma das frases do livro. Uma sacada de Antoine de Saint-Exupéry. Mas não é clichê? Nem sempre o é clichê é desgastante e desnecessário. Na verdade o fato de tê-la escolhido é justamente porque é uma frase que ecoa na cabeça. Então vamos à história.
Não se engane ao achar que o livro é apenas pra criança, muito menos pense que por se tratar de um livro fino que não tenha muita importância. O Pequeno Príncipe afeta qualquer pessoas,…

The Versatile Blogger Awards

Essa é a primeira vez que recebemos uma TAG para participar. Nosso blog já tem alguns anos, mas temos orgulho de recebermos a indicação. Fomos indicados pelo Terra de Fagulhas e estamos muito agradecidos por isso. Pra quem não sabe essa TAG visa valorizar e divulgar pequenos blogs e possui algumas regras a serem seguidas:
A - Agradecer a pessoa que te indicou e colocar o link da postagem B - Escrever 7 coisas que gosto C - Indicar 15 blogs com menos de 200 seguidores D - Avisar os blogs que você indicar
Então vamos cumpri-las! A - Agradecer a pessoa que te indicou e colocar o link da postagem

B - Escrever 7 coisas que gosto Como eu fiquei responsável pela postagem, então vou falar só sobre mim.
1 - Ler. Sou apaixonado por livros, não consigo ficar sem um do meu lado. Apesar de já ter lido a maioria dos livros fisicamente, também leio pelo computador ou celular, não me importa muito o meio. 2 - Ouvir música. Não é atoa que fico responsável pela Estação Livre, estou sempre ouvindo uma …

Estante - Poliana / Pollyanna

Se você ainda se pergunta meu critério de postagem de livros, eu esclareço. Escolho falar de livros que já li ou daqueles que tenho bastante interesse. Nem sempre verão por aqui livros que acabaram de ser lançados. De vez em quando me aventuro por histórias já clássicas na literatura e hoje é um dia desses. Acabei de ler esse livro cheio de contentamento e é de fato muito contente que falarei dele.
A história de Poliana foi criada pela escritora Eleanor H. Porter e consagrou a romancista americana. O livro fez tanto sucesso que muitos outros escritores criaram suas próprias "Polianas" mundo afora. Essa obra foi escrita ainda no início do século 20 e até hoje milhares de pessoas falam seu nome.
Poliana conta a história da garota que vai morar com sua tia, Miss Polly, depois de perder os pais e viver da caridade de algumas senhoras. Vivendo uma infância muito difícil com seu pai pastor, Poliana é ensinada a ver tudo com bons olhos, através de um jogo apresentado por ele, o jog…

Estação Livre - Atualizações Janeiro/2014 - Orianthi, Jessie J, Pixie Lott e Avril Lavigne

ORIANTHI
Depois de quatro anos depois do último disco lançado, Orianthi apresenta seu terceiro projeto: Heaven in the Hell. No álbum com uma batida mais country, algumas de suas canções pertencem ao seu EP Fire. O seu lançamento foi em Março de 2013.

A cantora está fora dos holofotes por um bom tempo, então o disco não ficou muito conhecido. A divulgação também não foi forte, nenhuma canção foi divulgada como single, apesar de a música-tema ser a principal. Apenas soube do disco porque tento acompanhar a carreira dessa belíssima e habilidosa guitarrista.


Particularmente eu selecionei quais músicas mais me fizeram bem aos ouvidos. A primeira é You Don't Wanna Know, que me remete a uma batida meio rock e country, com ritmo lento. Depois How Do You Sleep, com a melodia da guitarra muito presente, principalmente na introdução. 
Em terceiro vem Frozen, talvez pelo som mais pop entre as outras e a facilidade de se grudar na mente no refrão. 
A versão deluxe do álbum foi lançada alguns meses …

Estação Livre - Sintonizando Avril Lavigne (Avril Lavigne album)

E cá estamos de novo falando dessa linda libriana Avril Lavigne. Minha cantora mais que preferida não demorou muito para apresentar mais um novo disco arrebatador. A nossa imortal Avril titulou seu QUINTO disco com seu próprio nome, sei que pra alguns isso é meio brochante, mas e daí, deixa a "garota" ser feliz. Decidi fazer uma nova postagem para seguir o estilo das outras: dois discos por postagem. E outra coisa: Avril Lavigne está estreando o Estação Livre 2014!!!!!
Aumente o volume de seu rádio e aproveite.
O álbum Avril Lavigne começou a ser produzido não muito tempo depois de Goodbye Lullaby ter sido lançado. Entre os produtores do quinto disco estava Chad Kroeger, vocalista do Nickelback e maridão da cantora. Avril avisou de antemão que esse disco seria o contrário do seu antecessor, que seria mais pop e animado. Sabe-se que a cantora estava tão animada e elétrica com a produção que escreveu mais músicas do que o "necessário".
Entre as críticas, positivas e …

A infestação dos spikes

Hello, everyone!! Mais alguns dias se passaram e cá estamos com mais uma postagem. Não sou tão incrível quanto a Joana ou o Walter, mas eu garanto que meu melhor é sempre dado aqui. Espero que minhas dicas sejam aproveitadas de alguma maneira.
Bom, hoje vou falar de moda. Na verdade, do que eu julgo ser um bom código de vestimenta para cada ocasião. Os que me conhecem estão imaginando: “Nossa, mas o Yan tá falando de moda? Até outro dia se vestia pior que a Joelma!” Sim, assumo que um dia já fui mais brega que a Joelma, mas hoje sou um novo homem! Sou um ser renovado!! Enfim... Nesse post vou focar num adereço que chegou forte como tendência nos últimos suspiros de 2012 e se mostra poderoso até hoje sem previsão nenhuma de ficar démodée. Estou falando dos spikes. Aquelas tachinhas de metal que estão infestando as roupas, calçados e acessórios no mundo todo.



De onde surgiu?
Os spikes são herança do punk. Sim, do punk. Logo do punk que se colocava todo contra a ditadura da moda contribuiu …