Pular para o conteúdo principal

Estação Livre - Engenheiros do Hawaii (parte 3)

Com a mais nova fase da banda, os Engenheiros do Hawaii investem novamente em seguir o que há de tendente no mundo da música. Seguindo um estilo mais pesado a banda produz músicas mais voltadas para o pop rock e punk rock. No novo álbum lançado em 2002, Surfando Karmas & DNA, mostra e marca muito a cara nova do grupo. O disco tem como destaque as canções 3ª do Plural e E-Stória, cuja produção é parte do ex-“engenheiro” Carlos Maltz ( o “e” por que a canção surgiu por torças de e-mail).


O próximo álbum, lançado um ano depois, continua com o caráter limpo e pesado, enviesado no punk, do som da banda. As críticas se mantêm presentes nas canções produzidas por Gessinger, dessa vez os alvos são a globalização, guerras e política. O disco tem o título Dançando no Campo Minado, nome que define bem as faixas e traz em si uma ironia, pois ainda carrega um lado mais positivo. As canções que mais se destacaram são os sucessos Dom Quixote, Até o Fim e Na Veia. O CD novamente contém participação de Maltz em Dançando no Campo Minado e Segunda Feira Blues (dividida em duas faixas).


Em 2005, a banda completou 20 anos de existência e, para comemorar, nos deram um presente: um show, um CD e um DVD, Acústico MTV. O evento foi um dos melhores, a banda relembrou seus grandes sucessos, o que deixou o show mais emocionante. Além de músicas antigas, houve mais recentes e inéditas, o quarteto lançou Armas Químicas e Poemas e Outras Frequências (maravilhosas canções). Infinita Highway, Somos Quem Podemos Ser, O Papa é Pop são alguns dos sucessos relembrados, Surfando Karmas & DNA e Até o Fim também compuseram a noite e Gessinger ainda trouxe canções do Humberto Gessinger Trio: O Preço e Vida Real. As participações foram de Carlos Maltz (por que ele não voltou de vez para a banda?) em Depois de Nós (adoro essa música) e Clara Gessinger, filha de Humberto, em Pose (ótimo dueto). Fernando Aranha, músico que participou do evento, fica com o lugar que Paulinho Galvão deixou no meio da turnê. 


Em 2007, mais um acústico. Acústico II: Novos Horizontes aconteceu no Citibank Hall em São Paulo com nove regravações e nove canções inéditas. As músicas lançadas foram “Coração Blindado”, “No Meio de Tudo, Você”, “Quebra-Cabeça”, “Parabólica”, entre outras. Clara Gessinger faz sua bela participação em “A Onda” e “Parabólica” e Carlos Maltz (mais uma vez!) em Cinza. No fim desse ano Bernardo Fonseca deixa o grupo e não entra novo integrante, com Gessinger tomando o seu lugar no baixo. 


No fim da turnê, em 2008, a banda para as atividades “temporariamente”. A partir de então Humberto Gessinger enrola os fãs sobre a volta da banda de rock, com a útima previsão para esse ano para comemorar 25 anos do lançado de A Revolta dos Dândis. Nesses últimos anos, entretanto, Gessinger não ficou parado, lançou quatro livros e vem fazendo uma parceria com Duca Leindecker (Cidadão Quem) no Pouca Vogal, onde cantam músicas das duas bandas.


Enquanto eles não voltam ou não admitem o término da banda, esperamos ansiosamente por novas canções e a postagem termina aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Especial X-Men: filmes e personagens

Esperando ansiosamente pelo lançamento do mais novo filme da série X-Men, X-Men: Dias de um Futuro Esquecido, decidi criar essa postagem para relembrar todos os filmes lançados e os personagens mutantes dessa história.
X-Men (2000)
Esse é o primeiro filme lançado da série X-Men.  Como primeiro contato com o cinema, o longa aborda a parte da história que é mais conhecida: os X-Men já bastante desenvolvidos na escola do professor Xavier e a tensão com a Irmandade dos Mutantes, liderada pelo antigo amigo do professor X, Magneto.
O vilão chefe dos quadrinhos decide se voltar contra os humanos, que os considera como seres inferiores e ameaça à existência e pleno desenvolvimento dos homo sapiens sapiens. Os humanos, que sempre temiam e odiavam os mutantes, terão mais motivos para se revoltar e serão apoiados pelo governo americano: o senador Robert Kelly desenvolve uma campanha anti-mutante.
O Professor Xavier e seus X-Men entrarão no meio dessa luta para se protegerem, defenderem os humano…

Arquivo-M - X-Men Gambit

Gambit Nome real: Remy Etienne LeBeau Equipes: Clã LeBeay, X-Men Poderes: Gera energia de movimento e lançamento de cartas (em chamas) Relacionamentos: Namorado da Vampira

Gambit é Remy Etienne LeBeau, um garanhão arrogante com poderes de fogo. Na realidade Gambit é conhecido como o cara das cartas em chamas, cartas estas que cortam feito lâminas super afiadas. Ele começa sua trajetória bem turbulenta, é seqüestrado desde bebê, cresce em meio a ladrões e se torna mestre do ofício, até descobrir seus poderes. Gambit trabalhará para Magneto, enfrentará e comporá os X-Men, se encrencará com seu passado e muitas vezes o encontrará cara a cara, mas além de tudo conhece o amor e descobre que Vampira é a mulher de sua vida, vivendo um dos namoros mais cativantes entre os mutantes.

Remy teve uma vida agitada logo no inicio de sua vida. Ao nascer em Nova Orleans, Lousiana, Remy foi roubado do hospital e cresceu na família, ou clã, de ladrões LeBeau. Nesse ambiente de crimes Remy foi aprendendo o…