Pular para o conteúdo principal

Arquivo-M - X-Men Gambit

Gambit
Nome real: Remy Etienne LeBeau
Equipes: Clã LeBeay, X-Men
Poderes: Gera energia de movimento e lançamento de cartas (em chamas)
Relacionamentos: Namorado da Vampira


Gambit é Remy Etienne LeBeau, um garanhão arrogante com poderes de fogo. Na realidade Gambit é conhecido como o cara das cartas em chamas, cartas estas que cortam feito lâminas super afiadas. Ele começa sua trajetória bem turbulenta, é seqüestrado desde bebê, cresce em meio a ladrões e se torna mestre do ofício, até descobrir seus poderes. Gambit trabalhará para Magneto, enfrentará e comporá os X-Men, se encrencará com seu passado e muitas vezes o encontrará cara a cara, mas além de tudo conhece o amor e descobre que Vampira é a mulher de sua vida, vivendo um dos namoros mais cativantes entre os mutantes.


Remy teve uma vida agitada logo no inicio de sua vida. Ao nascer em Nova Orleans, Lousiana, Remy foi roubado do hospital e cresceu na família, ou clã, de ladrões LeBeau. Nesse ambiente de crimes Remy foi aprendendo oficio e se tornando de fato mais um integrante ladrão do grupo.  Depois de circular entre gangues pelas ruas Remy foi adotado pelo chefe do clã Lebeau e assim recebeu o seu sobrenome.


Por volta dos dez anos Remy começou a conhecer seus poderes e praticava escondido de todos, o que durou por muitos anos. Nos seus quinze anos Remy acompanhou Etienne Marceaux no seu ritual de iniciação ao grupo de ladrões, porém os dois foram reconhecidos por terem roubado Candra, uma poderosa mutante, que os prendeu. Remy e Etienne foram levados pelo vilão e vendidos ao mutante e escravizador infantil Pig, que pretendia também vendê-los a uma organização criminosa.


Remy descobre suas habilidades com cartas quando, ao tentar fugir do mutante vilão, ele pega uma carta que Etienne deixou cair e a incendiou, lançando na cara do Pig. O jovem mutante depois escapa, mergulha no mar e é salvo por sua gangue, porém Etienne morreu afogado. Remy LeBeau não tinha emprego e seu sustento só poderia vir de suas habilidades em roubo, logo foi “contratado” pelo Sr. Sinistro para roubar diários do programa Weapon X (Arma-X). Contudo o cara não sabia para quem realmente estava trabalhando, pois Sr. Sinistro disfarçava-se de Doutor Nathaniel Essex.


Enfrentando um frio do caramba Remy seguiu com a sua missão e com facilidade conseguiu pegar os diários que Essex afirmava terem sido roubados de si, além disso Remy encontrou um futuro companheiro. Na realidade a aventura de Remy o fez presenciar a escapada de Wolverine depois de sua transformação pelo Adamantium. Examinando os diários, o jovem LeBeau percebeu a potencialidade de seus escritos e percebeu que seriam armas perigosas na mão de Essex, decidindo destruí-los todos.


Remy era como o rei da gangue de ladrões e queria unir seu grupo à gangue de assassinos, por isso decidiu se casar com Bella Donna Boudreaux, neta do chefe dos assassinos, porém como sempre o caro ladrão sofreu mais uma. Julien, irmão de sua mais nova esposa, o chamou para um duelo que resultou na morte do carinha, no seu exílio e no fim de seu casamento. Trágico, não?


O desafortunado ladrão foi expulso de sua cidade natal, mas isso não significou o fracasso. Ele se tornou o mestre dos ladrões, desenvolvendo novas técnicas e expandindo sua fama, criando aliados e inimigos. A partir daí Gambit começa a se dar conta do tamanho de seu poder, ele percebe que seu corpo respira energia e que não sabe como controlá-lo. Com medo do que poderia acontecer Remy foi atrás do Senhor Sinistro e o poderoso mutante decidiu ajudá-lo.


Se não estou enganado Prof. Xavier bloqueou a mente de Jean Grey para poder diminuir os seus poderes e assim ela poder controlá-los melhor, aconteceu algo parecido a Gambit. O Sr. Sinistro tirou parte do “recipiente” de seu cérebro, o que fez os poderes do garoto do fogo diminuírem bastante, mas o suficiente para conseguir o seu controle. Entretanto, mais a frente em sua vida, Remy voltará ao século XIX e encontrará seu conhecido mutante, que fará seus poderes voltarem à carga total por meio de cirurgia.


Todo esse trabalho não foi cortesia nem questão de amizade e é obvio que Gambit precisou pagar com vários favores. Sinistro possuía um grupo que o chamava de Marauders e Remy se juntou ao grupo nas suas últimas missões a pagar. Remy foi colocado como líder do grupo por Sinistro e ele deveria levá-los, pelos túneis de Nova York, até os Morlocks e destruí-los. Gambit tinha em seu grupo apenas pessoas da pesada: Dente-de-Sabre, Blockbuster, Prisma, Riptide, Scalphunter, Arclight, Harpoon, Malícia, Scrambler e Vertigem. No massacre aos Morlocks, Gambit ainda salvou uma garota, Sarah, que futuramente se torna Marrow, a líder do Gene Nation.


Gambit agora vive o mundo para arranjar seus trabalhos e em um de suas “viagens” ele encontra uma enfraquecida e acabada Tempestade, a X-Man, que fugia do Shadow King.  Tempestade estava totalmente desmiolada, esquecida de sua identidade e jogada às traças, a rainha das nuvens e trovões não tinha meios de sobrevivência e se viu obrigada a entrar pro mundo dos roubos. Nessa nova faceta da mutante ela acaba se unindo a Gambit e depois de um tempo os dois voltam para os X-Men. Gambit vivia sua nova fase de “bonzinho”, ajudando os grupos amigáveis de mutantes.


Com várias batalhas, aventuras e mudanças os X-Men se dividem em dois grupos e Gambit fica na equipe de Ciclope, o time azul. Na nova empreitada Remy batalha contra o poderoso Magneto e sua nova equipe e também enfrenta sua ex-esposa Bella Donna, porém um pouco diferente da mulher com quem se casou. Bom, agora vamos falar da parte que todo mundo conhece:


Remy, depois de entrar para os X-Men, começou a se interessar uma das mutantes de sua equipe, uma que usava frequentemente luvas e tinha no cabelo uma linda mecha branca, Vampira. Mesmo sabendo dos poderes da dona sanguessuga e de seu fracasso em controlá-los, Gambit começou a namorar a amedrontada Vampira. Para mim esse é o melhor romance dos X-Men, sem dúvida é mais cativante que Jean e Scott (mas cada um acha o que quiser, né?).


O namoro de Gambit e Vampira é considerado um dos mais duradouros da série e para mim é um dos mais interessantes. Gambit, com seu jeito maluco e casca-grossa de ser em suas “paqueras”, vai se mostrando cada vez mais apaixonado, deixando o amor subir até mesmo sua arrogância e não é só ele quem muda. Vampira vai largando sua agressiva repelia e percebe-se completamente envolvida com aquele cara “quente”. Eu até hoje me revolto com os filmes dos X-Men por não retratarem esse romance, quem vê acha que a Vampira e o Homem de Gelo sempre foram namorados.


Sabe daquele evento dos Morlocks falado mais acima no post? Aquilo ainda vai encher a cabeça do lançador de cartas. O seu serviço a mando de Magneto se tornará um segredo terrível de Gambit e ele virá à tona quando Vampira, incitada por Dente-de-sabre, beija o seu namorado e descobre as memórias da chacina. Vampira rejeitará imediatamente Remy e não relevará nem o salvamento da garotinha e Gambit é retirado da equipe.

togatsuko

Remy é jogado na Antártica, sofrerá de fome, voltará à fortaleza de Magneto, se fundirá ao fantasma de um mutante provisoriamente, se aloja numa ilha escondida, conhece uma criatura chamada New Sonn e seu controle sobre seus poderes cresce, tornando- o mais potente. Realmente a vida de Gambit sofre mais uma reviravolta, porém depois de um tempo ele volta aos X-Men e Vampira já não está mais ressentida, porém decide terminar o romance com Gambit por medo de feri-lo. Os poderes de Remy também voltarão ao normal, depois de revelações com New Son.

togatsuko

Em outras histórias, Gambit é suspeito de traição e assassinato de todos seus companheiros de X-Men; ele e sua namorada perdem seus poderes depois de enfrentar Vargas e quase morrerem em suas mãos; os dois retomam os poderes graças a Sage, mas Gambit fica cego quando uma de suas cartas o atinge na cara. A cegueira acaba trazendo bons e maus resultados, Gambit e Vampira começam a brigar, ela se afasta dele por um tempo e Remy aprende a prever ataques inimigos “lendo” suas cartas. Os dois viverão um grande momento de crise, com direito à intromissão sacana da mãe de Vampira, Mística.

monk-art

Gambit também se tornará centauro de Apocalypse, voltará a ser membro dos Marauders e se envolverá com o Messiah Complex, se meterá em grandes enrascadas para salvar Vampira de seus próprios poderes. Gambit viverá mais aventuras e tensões também nas séries Devided We Stand, Utopia, X-Men: Second Coming, X-Men: Vol. 3, X-23 e X-Men Legacy.


Os poderes de Gambit não se limitam a queimar cartas, na realidade ele pode por fogo em qualquer objeto pequeno para usar como arma, além de poder usar suas energias para aumentar as suas habilidades humanas como velocidade e reação, também bloquear a mente de infiltradores.


Image Featuring Gambit, Jubilee

Outra habilidade pouco conhecida de Remy é seu poder de influência e atração sobre algumas pessoas (é verdade, ele pode “manipular” determinadas pessoas). Porém, só os poderes não teriam o levado até onde já chegou, Gambit também é um exímio lutador, com movimentos aprendidos da luta de rua. 

Comentários

Postar um comentário

Comentar é sempre bom!

Postagens mais visitadas deste blog

Especial X-Men: filmes e personagens

Esperando ansiosamente pelo lançamento do mais novo filme da série X-Men, X-Men: Dias de um Futuro Esquecido, decidi criar essa postagem para relembrar todos os filmes lançados e os personagens mutantes dessa história.
X-Men (2000)
Esse é o primeiro filme lançado da série X-Men.  Como primeiro contato com o cinema, o longa aborda a parte da história que é mais conhecida: os X-Men já bastante desenvolvidos na escola do professor Xavier e a tensão com a Irmandade dos Mutantes, liderada pelo antigo amigo do professor X, Magneto.
O vilão chefe dos quadrinhos decide se voltar contra os humanos, que os considera como seres inferiores e ameaça à existência e pleno desenvolvimento dos homo sapiens sapiens. Os humanos, que sempre temiam e odiavam os mutantes, terão mais motivos para se revoltar e serão apoiados pelo governo americano: o senador Robert Kelly desenvolve uma campanha anti-mutante.
O Professor Xavier e seus X-Men entrarão no meio dessa luta para se protegerem, defenderem os humano…

Estação Livre - Engenheiros do Hawaii (parte 3)

Com a mais nova fase da banda, os Engenheiros do Hawaii investem novamente em seguir o que há de tendente no mundo da música. Seguindo um estilo mais pesado a banda produz músicas mais voltadas para o pop rock e punk rock. No novo álbum lançado em 2002, Surfando Karmas & DNA, mostra e marca muito a cara nova do grupo. O disco tem como destaque as canções 3ª do Plural e E-Stória, cuja produção é parte do ex-“engenheiro” Carlos Maltz ( o “e” por que a canção surgiu por torças de e-mail).