Pular para o conteúdo principal

Estante - O Código Da Vinci

O CÓDIGO DA VINCI
                Li este livro pela segunda vez e resolvi fazer uma resenha sobre ele. O Código Da Vinci é um livro que gera amor ou ódio entre os leitores. Há quem o ache um lixo e existem aqueles que o adoram. Já vi comentários idiotas de pessoas que nunca leram, o desprezam e não recomendam obviamente, o que é estranho dizer que não gosta de algo que não sabe. Muitos destes, arrisco-me a dizer, são contra o livro por sua temática. Os grandes religiosos que se chocam com a audácia do livro. 

                O livro tem como protagonista o professor Robert Langdon e esta é sequência do primeiro livro que ele é apresentado, Anjos e Demônios. O Código, entretanto, é o mais famoso, por tratar de temáticas delicadas e ser inebriado de ícones da arte e da arquitetura. A narrativa é simples, sem floreios e sem rebuscas, uma linguagem direta. A história tem um ritmo levemente acelerado e a forma como foi escrito facilita sua fluidez.

                A história começa em Paris. Professor Langdon, que fora à cidade realizar uma palestra, é chamado inesperadamente, tarde da noite, para ir ao Louvre e encontrar uma cena de assassinato num cenário um pouco absurdo. Jacques Saunière, curador do famoso museu, fora morto e sua morte estava envolvida com uma antiga fraternidade conhecida como Priorado de Sião. Um de seus membros mais ilustres fora quem? Leonardo Da Vinci.  

                Antes de morrer, Saunière, deixa uma mensagem criptografada para sua neta, a criptógrafa Sophie Neveu, envolvendo Robert. Ambos, entretanto, não conseguirão desvenda-la facilmente, pois se tornam principais suspeitos e se deparam numa perseguição perigosa. Tentando escapar da polícia e do verdadeiro assassino, os dois buscam desvendar a mensagem, que envolve antigos segredos da Igreja Católica, e as obras de Da Vinci são peças essenciais para descobri-los.


                A história é envolvente e, ao mesmo tempo, ótima para quem gosta de aprender novos conhecimentos através da leitura. Entender um pouco de francês, métodos de mensagens secretas, simbolismos, história e, claro, arte. Os quadros de Leonardo Da Vinci, além de outras peças apresentadas, e pontos históricos e turísticos das cidades, envolvendo principalmente a arquitetura, também deixam brilhando os olhos de muitos leitores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Especial X-Men: filmes e personagens

Esperando ansiosamente pelo lançamento do mais novo filme da série X-Men, X-Men: Dias de um Futuro Esquecido, decidi criar essa postagem para relembrar todos os filmes lançados e os personagens mutantes dessa história.
X-Men (2000)
Esse é o primeiro filme lançado da série X-Men.  Como primeiro contato com o cinema, o longa aborda a parte da história que é mais conhecida: os X-Men já bastante desenvolvidos na escola do professor Xavier e a tensão com a Irmandade dos Mutantes, liderada pelo antigo amigo do professor X, Magneto.
O vilão chefe dos quadrinhos decide se voltar contra os humanos, que os considera como seres inferiores e ameaça à existência e pleno desenvolvimento dos homo sapiens sapiens. Os humanos, que sempre temiam e odiavam os mutantes, terão mais motivos para se revoltar e serão apoiados pelo governo americano: o senador Robert Kelly desenvolve uma campanha anti-mutante.
O Professor Xavier e seus X-Men entrarão no meio dessa luta para se protegerem, defenderem os humano…

Arquivo-M - X-Men Gambit

Gambit Nome real: Remy Etienne LeBeau Equipes: Clã LeBeay, X-Men Poderes: Gera energia de movimento e lançamento de cartas (em chamas) Relacionamentos: Namorado da Vampira

Gambit é Remy Etienne LeBeau, um garanhão arrogante com poderes de fogo. Na realidade Gambit é conhecido como o cara das cartas em chamas, cartas estas que cortam feito lâminas super afiadas. Ele começa sua trajetória bem turbulenta, é seqüestrado desde bebê, cresce em meio a ladrões e se torna mestre do ofício, até descobrir seus poderes. Gambit trabalhará para Magneto, enfrentará e comporá os X-Men, se encrencará com seu passado e muitas vezes o encontrará cara a cara, mas além de tudo conhece o amor e descobre que Vampira é a mulher de sua vida, vivendo um dos namoros mais cativantes entre os mutantes.

Remy teve uma vida agitada logo no inicio de sua vida. Ao nascer em Nova Orleans, Lousiana, Remy foi roubado do hospital e cresceu na família, ou clã, de ladrões LeBeau. Nesse ambiente de crimes Remy foi aprendendo o…

Estação Livre - Engenheiros do Hawaii (parte 3)

Com a mais nova fase da banda, os Engenheiros do Hawaii investem novamente em seguir o que há de tendente no mundo da música. Seguindo um estilo mais pesado a banda produz músicas mais voltadas para o pop rock e punk rock. No novo álbum lançado em 2002, Surfando Karmas & DNA, mostra e marca muito a cara nova do grupo. O disco tem como destaque as canções 3ª do Plural e E-Stória, cuja produção é parte do ex-“engenheiro” Carlos Maltz ( o “e” por que a canção surgiu por torças de e-mail).